Assisti nesse ano uma das melhores comédias da minha vida. Trata – se da peça “A casa dos budas ditosos”, encenada por Fernanda Torres ( atriz que dispensa comentários ), com texto de João Ubaldo Ribeiro e adaptação para o teatro de Domingos de Oliveira. Fiquei tão apaixonada pelo monólogo, que no dia seguinte comprei o livro homônimo que inspirou a peça.

O livro “A casa dos budas ditosos”, escrito em 1999 por João Ubaldo Ribeiro é um romance afrodisíaco narrado em 1ª pessoa por uma senhora de 68 anos. Engana – se quem pensa que essa senhora fala sobre rodadas de bingo, carteado ou netos. NÃO. Ela só fala sobre sexo. De um jeito tão descarado, tão desprovido de pudores, que chega a ser hilário.

Ela fala abertamente sobre suas preferências sexuais, desejos, posições, orgasmos, não orgasmos, traições e aí por diante. A leitura flui, você se diverte, se identifica, se constrange e termina o livro em duas noites. Em tempos de “50 tons de cinza” ( amo, li todos, tenho que confessar – rs ), existe um livro no mercado mil vezes melhor, mais bem escrito, mais detalhista, mais abusado, mais sexual. 

Livro MUST READ da VIDA. Leitura gostosa, divertida, sem compromisso, sem censura. 

Ficha técnica:

Livro: A casa dos budas ditosos
Autor: João Ubaldo Ribeiro
Editora: Plenos Pecados

Carina Sacchelli

"Sou atriz e produtora cultural. Criei esse espaço com a ideia de compartilhar minhas impressões e dicas sobre peças, filmes, livros e séries que vi e amei. Se você é apaixonado por acting como eu, aproveite e deleite-se. Afinal de contas, toda arte deve ser transformadora, propagada e compartilhada”. Carina Sacchelli.
Carina Sacchelli

Últimos posts por Carina Sacchelli (exibir todos)